Atendimento: 0800 - 970 - 9196 Deficiente Auditivo e de fala: 0800-727-2299

Dicas

Transmissão

Como a energia chega até a sua casa

O processo:

No Brasil, quase toda a produção de energia vem de hidrelétricas, que usam a força da água para movimentar geradores. Quanto maior a altura da queda d’água e volume de água que passa pelas turbinas (vazão) maior será a potência gerada.

Durante o dia e dependendo da época do ano existem variações de consumo e perdas de energia, logo a potência gerada pode ser inferior ao potencial instalado porque a energia elétrica produzida não é armazenada. Depois de produzida, a energia é transportada para as cidades por meio das linhas e torres de transmissão de alta tensão. Dependendo da localização da usina de geração, a energia pode viajar por centenas de quilômetros de cabos, sofrer inúmeras alterações de tensão até chegar aos consumidores.

O percurso da eletricidade se completa quando ligamos interruptores e aparelhos eletroeletrônicos na tomada, consumindo-a no mesmo momento em que é produzida. Nas áreas residenciais, cada circuito com tensão de 11.400 volts pode atender cerca de 4 mil a 8 mil casas.

Os transformadores são os equipamentos utilizados para elevar ou reduzir as tensões de fornecimento. Quanto maior a tensão do circuito, maiores são as quantidades de energia que podem ser transportados com perdas menores. Durante todo o caminho, a energia está sujeita a interrupções. Raios, tempestades, ventos fortes e queda de árvores podem atingir o sistema, causando o problema. A necessidade de manutenção ou de ampliação da rede também causa paradas programadas.



Voltar