Atendimento: 0800 - 970 - 9196 Deficiente Auditivo e de fala: 0800-727-2299

Notícias

Santa Maria realiza monitoramento de peixes em rios de Colatina


A Empresa Luz e Força Santa Maria realiza vários estudos e ações com objetivo de preservar o meio ambiente, com execução de programas de educação ambiental, separação e correta destinação de seus resíduos, análises da qualidade da água, conservação da fauna, recuperação de áreas degradas, entre outras.

 

Com o objetivo de identificar possíveis impactos e caracterizar a estrutura da comunidade de peixes dos rios Pancas e Santa Maria do Doce, estão sendo desenvolvidos os Programas de Monitoramento de Ictiofauna nas áreas de influência das PCHs Santa Maria e Cachoeira do Oito, em Colatina.

 

O projeto foi iniciado em agosto de 2016, sendo realizadas duas campanhas em cada usina, uma no período seco e outro no chuvoso. Já foram capturados 577 exemplares de peixes, representando 23 espécies no Rio Pancas e 18 espécies no Rio Santa Maria. Com a coleta, a PCH pode avaliar a ocorrência de espécies exóticas, raras e/ou ameaçadas de extinção na região, além de propor ações e conservação e manejo dos peixes, se necessário.

 

As espécies de barrigudinhos, cará e piabas foram as mais encontradas, estando presente em praticamente todos os ambientes amostrados. Também foram encontradas espécies exóticas, como tilápias, piranhas, tucunaré e o dourado (Salminus brasiliensis), que está classificado como quase ameaçada de extinção (NT). O cascudo da espécie Hypostomus affinis foi o único peixe considerado endêmico do bioma, ou seja, que só habita os rios da Mata Atlântica.

 

Esses resultados mostram que a área amostrada pode desempenhar um papel relevante na manutenção da diversidade da peixes, visto que apesar dos impactos ambientais sofridos principalmente pela degradação das bacias hidrográficas, ainda abriga espécies capazes de desempenharem seus papeis no ecossistema.